O Discurso do Rei

Esse Filme é simplesmente muitoooooo bommm!!!!

Filme estrelado por Colin Firth, que também está sendo indicado ao Oscar de melhor ator. O Discurso do Rei parece ser uma das grandes estréias do ano de 2011. A trama mostra um importante momento da história britânica, quando Albert (Firth), duque de York, relutantemente assume o reino como George VI, depois que seu seu irmão Edward VIII abdica ao casar-se com uma estadunidense divorciada.

Perseguido por soluços nervosos e considerado inapto para reinar, George VI pede ajuda a um fonoaudiólogo nada ortodoxo chamado Lionel Logue (Geoffrey Rush). À medida em que a Inglaterra se aprofunda na Segunda Guerra Mundial, a voz do rei e os seus discursos se tornam mais exigidos.

Helena Bonham CarterJennifer EhleGuy PearceDerek JacobiTimothy Spall Michael Gambon também estão no elenco dirigido por Tom Hooper (Elizabeth I). O roteiro foi escrito por David Seidler (Tucker: Um Homem e o seu Sonho).

Anúncios

AAA Palhaçada!!

Essa semana estava eu lépida e sorrateira zapeando na internt, eis que no site do jornal Extra, na coluna famosos, vejo uma matéria sobre a entrevista de Bruna Surfistinha no programa da Marília Gabriela. Como não bastasse dar “trela”  para essa moçoila, ainda há certos indivíduos “glamorizando” esse tipo de atitude e o pior é ver comentários como esse: “admiro e respeito essa menina ela é a verdade pura que tanto faz falta em muitas pessoas e neste nosso país cheio de mentiras!!”…TÁ DE SACANAGEM COM A MINNHA CARA!

O pior é que atualmente qualquer um que queira ter uma vida repleta de boa moral é hipócrita, esse palavra nunca foi tão mal empregada como nos dias atuais. Trabalhar honestamente é errado, certo mesmo é virar prostituta e depois dar entrevista dizendo como é uma “difícil vida fácil”, tá certo!

Nada contra quem faz isso, agora dizer que precisa de muita coragem para entrar nessa vida, aí já é demais!

O pior é fazer filme sobre a vida dela, que daqui a pouco será tratada como heroína pela geração boçal que cada vez toma espaço nesse país.

Sinto falta das pessoas que exaltavam que apesar das dificuldades e das inúmeras tentações e desvios no caminhos que poderíamos ter …valia a pena seguir de forma honesta e com princípios!

Não tenho religião, não julgo pelas aparências e o que vale para mim são as ações, percebo que muitas pessoas estão se valendo dessa frase ” Não julgueis, para que não sejais julgados” , para deixa comportamentos duvidosos serem aceitos, porque “quem somos nós para julgarmos o outro?” …julgo o que é bom e ruim para minha vida e os que não fazem isso são capazes de fazer qualquer coisa e aceitar qualquer coisa como CERTA.

Me ajuda Aê!!!!